quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Do preto ao laranja emborrachado

Continuando a saga na tentativa de tirar o preto dos cabelos e de aproximá-los da cor da raiz, aí vem a minha maior proeza, deixar meu cabelo emborrachado, com aspecto elástico e acabado. Vamos relembrar que eu já havia feito uma descoloração e aplicado uma tintura e que meu cabelo ficou com uma cor ruiva bem bonita, mas que mesmo assim teimei em mudar mais. Bem, essa minha próxima loucura, ocorreu no dia seguinte. 

Não satisfeita, comprei o kit mechas da Biocolor, que vem com uma escovinha aplicadora, que na minha opinião não serve pra nada, a não ser pra misturar o produto na vasilha. O kit é bem completo, vem essa escova, a vasilha, o descolorante, luvas, água oxigenada de 30 volumes, além de um folheto explicativo, bem bacana, que explica como você deve aplicar de acordo com o tamanho do seu cabelo. É só observar como fazer a mistura, de acordo com o folheto e partir para o abraço.

Foto reprodução. (Site da Biocolor)

Então fui com fé, força e coragem aplicar nas mechas, conforme a explicação do folheto da Biocolor. De acordo com esse folheto, você pega a mecha, passa a escovinha puxando os fios pra cima, como quem faz um dread nos cabelos, alguns fios vão ficar amassados perto da raiz e nos fios que sobram você deve passar a mistura do descolorante. Conforme a foto:


Estou postando essa foto horrorosa de como fiquei, por que blogueira que é blogueira se joga e mostra a realidade. Reconheço que ficou bem horrível, como eu disse, você puxa os fios pra cima. Não fica nada bacana e pra pentear depois, só com reza. Nem preciso dizer que pagar a mais pelo kit da Koleston, que vem com a touca e a agulha para puxar os fios, deve valer mais a pena. 

O folheto diz que você não deve passar mais de 50 minutos com o produto nos cabelos. Eu passei uns 35 minutos com medo de ressecar. O medo teve total fundamento, não clareou muito, e ressecou muito, o que era de se esperar.

Não satisfeita com as mechas, quis dar uma tonalidade acinzentada e então passei em todo o cabelo um banho de brilho com a tinha 8.1 da Biocolor.

Foto reprodução. (Site da Biocolor)
E o resultado? Ainda não gostei, mas segue foto.



Aparentemente louro, mas quando sequei o cabelo todo, percebi que ainda estava alaranjado. Não tenho problemas em ser ruiva, pois já fui por muitos anos, mas dessa vez queria deixar meu cabelo um ton mais próximo da cor da raiz e ainda não havia conseguido, mas digamos que já consegui dar um jeitinho. Cenas para um próximo post.

Depois de todas essas peripécias capilares, tive que me render às hidratações praticamente diárias. Consegui sair do preto para um ton mais claro, mas não tive a paciência de esperar muito tempo a recuperação do cabelo para fazer mudanças. Muitas pessoas desistem no meio do caminho e pintam novamente o cabelo da cor escura, até mesmo na busca de esconder as falhas visíveis com o cabelo mais claro. Eu não quero ficar mega loura, não é essa a intenção, mas também acho necessário sair do preto, visto que minha raiz é mais clara. 

Para tirar o emborrachado e elástico, fiz umectações, hidratações e descobri uma máscara que salva vidas, que em breve falarei a respeito. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por reservar um tempo para comentar!